quarta-feira, 29 de julho de 2015

Feta cheese | Queijo coalhado típico da Grécia

A presença de queijos semelhantes ao feta,
coalhados e salmourados, foi registrada historicamente
na região há pelo menos centenas de anos.
Argumenta-se que poderia remontar mesmo à Antiguidade homérica,
já que a Odisseia contém uma descrição completa
da preparação de um queijo que poderia ser o feta.


Feta, é um queijo coalhado típico da Grécia,
feito tradicionalmente com leite de cabra e de ovelha.


Foto: http://stockarch.com/images/objects/food-and-drink/feta-cheese-7993


A partir de 2005 o feta passou a ser uma denominação
de origem controlada na União Europeia, e definido como
tendo pelo menos 70%
de leite de ovelha, com o restante de cabra.

Fora da União Europeia, queijos
vendidos normalmente como 'feta'
podem incluir até mesmo leite de vaca,
ou mesmo ser inteiramente feito dele.

O feta é um queijo envelhecido,
habitualmente produzido em blocos,
com uma textura levemente granulada.

É servido como queijo de mesa, assim como em saladas,
empadas, tortas e outros alimentos assados, em especial
aqueles com massas folhadas
- como o spanakopita ("torta de espinafre")
e tyropita ("torta de queijo").
Saiba mais sobre
Feta, queijo coalhado típico da Grécia.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Feta

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Ilha de Paquetá | Rio de Janeiro | Brasil

A Ilha de Paquetá encontra-se próximo
à Área de Preservação Ambiental de Guapimirim,
área de conservação de manguezais, fonte de vida marinha.
Essa proximidade, aliada ao fato
de que a ilha se encontra em uma área da baía
com grande profundidade, no seu canal principal,
faz com que as águas das praias de Paquetá,
ricas em peixes, sejam constantemente renovadas.

A "Maria Gorda" da Ilha de Paquetá

Originalmente, a ilha era recoberta pela Mata Atlântica.
Com a colonização europeia, ao longo dos séculos,
foram sendo introduzidas espécies exógenas,
particularmente árvores frutíferas, palmeiras e flamboyants, destacando-se
um exemplar de baobá carinhosamente apelidado pela população de "Maria Gorda".
Saiba mais sobre a Ilha de Paquetá
Rio de janeiro, Brasil

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Hollandaise | Molho holandês

Molho clássico da cozinha francesa


Hollandaise é uma emulsão
de gema de ovo e manteiga líquida,
geralmente temperado com suco de limão, sal
e um pouco de pimenta branca ou pimenta caiena.

Foto: http://www.eucomosim.com/receitas/molho-hollandaise-uma-base-tres-receitas/


Na aparência, é amarelo claro
e opaco, suave e cremoso.
O sabor é rico e amanteigado,
com um travo suave
adicionado por um componente ácido,
como suco de limão,
mas não tão forte como para
dominar os alimentos de sabor leve.

Fonte: https://en.wikipedia.org/wiki/Hollandaise_sauce

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Junk food | Comida pouco nutritiva

Comida carregada de calorias,
gorduras, açúcar e sódio, mas pouco nutritiva


A junk food contém frequentemente
altos níveis de gordura saturada, sal ou açúcar
e numerosos aditivos alimentares
tais como glutamato monossódico e tartrazina;
ao mesmo tempo, é carente de proteínas, vitaminas
e fibras dietéticas, entre outros atributos saudáveis.

Fonte: http://gawker.com/hey-kids-obama-is-removing-all-the-fun-junk-food-in-20-610367477


Popularizou-se entre os fabricantes porque
é relativamente barata de produzir, possui
prazo de validade prolongado e pode nem mesmo
precisar de refrigeração
(caso dos salgadinhos industrializados).

Tem tornado-se popular em todo mundo porque
é fácil de encontrar
(supermercados, lojas de conveniência etc),
requer um mínimo ou nenhum preparo antes do consumo,
e pode exibir uma vasta gama de sabores. Mundialmente,
o consumo de junk food tem sido associado à obesidade,
doenças coronarianas, diabetes tipo 2, hipertensão e cáries.

Há também preocupações quanto
ao marketing direcionado para crianças.
Saiba mais sobre Junk food
Comida carregada de calorias,
gorduras, açúcar e sódio, mas pouco nutritiva.


Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Junk_food

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Croque-Monsieur | Sanduiche típico da culinária francesa

Apareceu pela primeira vez em 1910
no menu de um café parisiense
É servido como entrada ou
como prato principal para um almoço rápido.

Sanduiche típico das cervejarias,
bistros e snack-bares franceses.


Foto: http://frenchliving.co.uk/2014/02/24/le-croque-monsieur/


Um croque-monsieur é um sanduíche quente feito com pão,
presunto e queijo, grelhado numa frigideira,
num forno ou num aparelho feito para isso.
Saiba mais sobre Croque-Monsieur
Sanduiche típico da culinária francesa.


Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Croque-monsieur
http://frenchliving.co.uk/2014/02/24/le-croque-monsieur/

terça-feira, 14 de julho de 2015

Couve-Flor | Benefícios da Couve-Flor Para Saúde

Originária da Região do Mediterrâneo,
foi levada para a Europa no começo do século XVI.


Os Benefícios da couve-flor Para Saúde
incluem o alívio da indigestão,
diabetes, colite, papilomatose respiratória,
degeneração macular, obesidade e hipertensão.

Foto: http://www.comidaecologica.com.br/bemvindo/arroz-de-couve-flor/


O poder antioxidante da couve-flor ajuda
a fortalecer o Sistema Imunológico e também ajuda
na redução do risco de acidente vascular cerebral,
câncer e doenças neurodegenerativas.

A Couve-flor também ajuda na manutenção de ossos,
cérebro e saúde celular, o equilíbrio de eletrólitos,
os níveis de colesterol ideais
e previne doenças cardiovasculares.

A Couve-flor é normalmente e branco,
mas também pode ser encontrado
nas cores amarelo, laranja e roxo.
Saiba mais sobre
Os Benefícios da couve-flor Para Saúde.

Fonte: http://www.saudedica.com.br/couve-flor/

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Maionese | Molho à base de óleo e ovo

Contra todas as leis da química, a maionese existe.
Ela junta duas substâncias que, em condições naturais,
não se embaralhariam jamais: água e óleo.


Foto: http://www.agracadaquimica.com.br/index.php?&ds=1&acao=quimica/ms2&i=20&id=639

Existem várias teorias que disputam as origens da maionese.

O molho é conhecido desde há muito tempo na cozinha européia
e a cidade de Maó na ilha de Minorca,
nas Ilhas Baleares, reclama a origem do nome.

Teria se originado na cidade de Maó
e depois levada à França
após a Batalha de Minorca de 1756,
em que os franceses derrotaram os britânicos.

O condimento era conhecido
como salsa mahonesa em castelhano
e maonesa em catalão, depois popularizando-se
como mayonnaise na cozinha francesa.

O cozinheiro do Duque de Richelieu conheceu esse molho
em Maó, emulsionou-o a frio e serviu,
com sucesso, aos vencedores.
Levou a novidade para a França, chamando-a de mahonaise,
a qual mais tarde passou a ser conhecida como mayonnaise,
se popularizando em vários países do mundo.
Saiba mais sobre a Maionese,
molho à base de óleo e ovo.


Fontes: https://pt.wikipedia.org/wiki/Maionese
http://www.agracadaquimica.com.br/index.php?&ds=1&acao=quimica/ms2&i=20&id=639