quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Cambuci | Fruta a nativa da Mata Atlântica

O cambuci ou cambucizeiro é uma árvore
frutífera nativa da Mata Atlântica


Os frutos, de casca verde e fina, amadurecem
entre os meses de janeiro e abril e é possível
saber que estão maduros por se tornarem mais macios
e a cor mais amarelada, além de caírem dos galhos.


Foto: http://arvoresdesaopaulo.wordpress.com/2010/03/21/o-cambuci-e-seus-frutos-desconhecidos/


As bagas têm aproximadamente 6cm de diâmetro, de polpa cremosa,
suculenta e de poucas sementes, além de extremamente ácidos.
Apesar de não serem do tipo de fruta consumida in natura,
possui perfume e sabor característicos que o faz um popular
aromatizante da cachaça desde o período colonial,
uma de suas principais aplicações até hoje.

Fonte de agentes antioxidantes e taninos,
que combatem os radicais livres, o fruto ajuda
a retardar o envelhecimento e fortalecer o sistema imunológico,
além de ser rico em fibras e vitamina C.

O cambuci também é bastante apreciado por animais como o jaú,
pacas, macacos e tucanos, no entanto a dispersão de sementes
através destes animais frugívoros não acontece em um ritmo
adequado para a mantenabilidade da espécies nas matas.
Saiba mais sobre o Cambuci
Fruta a nativa da Mata Atlântica


Fonte: http://www.infoescola.com/frutas/cambuci/

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Hot dog | Comida típica dos Estados Unidos

Hot dog ou cachorro-quente
é uma comida típica dos Estados Unidos

em que se coloca uma salsicha
ou mais dentro de um longo pão sovado.

Nos Estados Unidos, o preparo típico
do hot dog é colocando a salsicha
com o molho agridoce, picles à base
de pepino, mostarda e ketchup.

Também são muito utilizados
o chucrute (repolho azedo) e o chili,
espécie de massa de feijão com carne moída picante.
No Brasil, a forma de se fazer o cachorro-quente
depende da região do país,
o picles não é muito popular.

Foto: http://www.dairyqueen.com/us-en/Menu/Food/Hot-Dog/?localechange=1&


Existem três teorias sobre
o surgimento desse peculiar sanduíche:

A mais conhecida é a de um açougueiro de Frankfurt,
na Alemanha. Em 1852, ele resolveu batizar
as salsichas que fabricava com o
nome de seu cachorro dachshund.
Um imigrante alemão, Charles Feltman,
levou essa salsicha para os Estados Unidos em 1880.
Lá, criou um sanduíche quente com pão, salsicha e molhos.

Em 1904, na cidade de Saint Louis, nos Estados Unidos,
um vendedor de salsicha quente criou uma maneira
dos seus fregueses não queimarem a mão.
A quem comprasse suas salsichas, ele
oferecia luva de algodão limpíssima.
Só que os clientes se esqueciam de devolvê-las
e ele acabava tendo prejuízo. Seu cunhado,
que era padeiro, sugeriu que o salsicheiro pusesse
as luvas de lado e começasse a usar pão.

No Brasil, por volta de 1926, o empresário Francisco Serrador,
que idealizou a famosa Cinelândia, no centro da cidade
do Rio de Janeiro, lança o cachorro-quente em seus cinemas.
A novidade inspirou Lamartine Babo e Ary Barroso,
a criarem em 1928, a marchinha de carnaval "Cachorro-Quente".

E a partir de 1945, depois da Segunda Guerra Mundial,
quando o Brasil passou a sofrer grande influência
da cultura americana, o cachorro-quente conquistou
definitivamente espaço nesse país.
saiba mais sobre o hot dog
comida típica dos Estados Unidos


Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cachorro-quente

domingo, 19 de outubro de 2014

08 samba do crioulo falado - Jorge camburão e Colorido


SAMBA DO CRIOULO FALADO


EU ERA UM CRIOULO
FALADO E COM MUITA RAZÃO
VIVIA CRIANDO TUMULTO
SEM MOTIVAÇÃO

LUTEI PRA VIVER
SOFRI POR PRAZER
NÃO QUIS,
MAS PERDI VOCÊ

NO MORRO
JÁ ERA BEM GRANDE
A MINHA "PICHAÇÃO"
POIS EU SÓ VIVIA
JOGADO NO CAMBURÃO

AGORA EU MUDEI
MUDEI PRA MELHOR
TENHA PENA DE MIM
MEU BEM TEM DÓ

E HOJE EU CANTO
CANTO, CANTO
CANTO PRA ESQUECER
TODA A MINHA MOCIDADE
ONDE EU PERDI VOCÊ.

(JORGE CAMBURÃO e COLORIDO)

sábado, 18 de outubro de 2014

Hambúrguer | Espécie de sanduíche de carne

O hambúrguer é uma espécie de sanduíche
de carne (quase sempre bovina)
moída e cozida (frita, grelhada, etc)



O hambúrguer, apesar de tido e havido
como uma instituição norte-americana, só chegou ao país,
pelas mãos de imigrantes alemães,
vindos dos arredores de Hamburgo.

A história deste bife de carne moida
começou no fim do século XVII, quando tribos nômades
da Ásia Ocidental desenvolveram a técnica de temperar
a carne bovina, finamente picada,
a fim de evitar seu perecimento.
A iguaria teve bastante aceitação, uma vez que
dispensava o manuseio do fogo nos acampamentos.

Foto: http://cybercook.com.br/receita-de-hamburguer-simples-r-13-3600.html


Marinheiros alemães que faziam a rota do Báltico
conheceram a receita, porém,
torceram o nariz para a carne crua. Levaram, então,
a idéia para casa, mas passaram a cozinhar a carne.
O sucesso foi tal que rapidamente
virou um prato típico da culinária alemã.

No século XIX, quando a América recebia
seus novos descobridores, os navegadores que partiam
da cidade alemã de Hamburgo traziam
a tradicional receita, que recebeu o nome de
hamburg style steak (bife ao estilo hamburguês).
Os americanos aperfeiçoaram a receita, acrescentando o pão.
Hoje, o hambúrguer é um ícone da culinária americana.

Mas vale enfatizar, que ninguém sabe ao certo
à verdadeira história da origem do tão famoso hambúrguer
que pode ser encontrado nos mais diversos lugares do mundo,
há hipóteses distintas, mas que seguem o mesmo princípio básico:
primeiramente era apenas pão e carne e com o passar dos anos
foi ganhando aperfeiçoamentos e ingredientes a mais.

Em 1836, no restaurante Del Monico’s, em Nova Iorque,
o hambúrguer ganhou, pela primeira vez, estatuto de iguaria
e passou a constar no cardápio
- entre duas fatias de pão, já em formato de sanduíche.
Saiba mais sobre o hambúrguer
Espécie de sanduíche de carne


Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Hamb%C3%BArguer

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Araçá | Fruta do Pantanal

É uma fruta pequena, tipo baga,
arredondada, de cor amarelada, predominando
o alaranjado e o amarelo-claro.

Polpa esbranquiçada, adocicada, sendo
pouco ácida, suculenta, aromática e adocicada.
Contêm muitas sementes reniformes em seu interior.
Os frutos atraem muitas espécies de pequenos pássaros.

O araçá tem o seu sabor
lembrando um pouco o da goiaba, embora seja
um pouco mais ácido e de perfume mais acentuado.
Tem, também como a goiaba, a polpa macia
e cheia de sementes sendo, porem, a maioria
de suas variedades comuns menos carnuda
e menos valiosa economicamente.

Foto: http://saberesnativos.wordpress.com/2013/09/14/256/


É usado no preparo de sorvetes e refrescos
e também de um doce muito parecido com a goiabada.
De sabor delicioso também são consumidos ao natural.
Quanto ao aspecto nutritivo,
o araçá possui vitamina A, B, C, além de
altas taxas de proteína e carboidratos.

A espécie apresenta potencial para conquistar
um lugar de destaque no mercado nacional e internacional,
principalmente como refresco natural, podendo ainda ser
comercializada como polpa congelada ou suco engarrafado.

Fonte: http://www.arara.fr/BBARACA.html

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Goiaba serrana | Feijoa

Fruto originário das terras altas do sul do Brasil,
leste do Paraguai, Uruguai e norte da Argentina.


Foto: http://www.senado.gov.br/senado/portaldoservidor/jornal/jornal97/nutricao_feijoa.aspx


O fruto amadurece no outono e é de coloração verde,
com o tamanho de um ovo de galinha e de forma elipsóide.
Tem um sabor agradável, aromático e doce.

A polpa é sumarenta(Que tem bastante sumo ou suco),
dividindo-se numa parte mais gelatinosa,
onde estão as sementes, e uma parte mais firme
e levemente granulada junto à casca.

O fruto cai da árvore quando maduro,
mas pode ser colhido antes,
de modo a não ficar danificado.
A polpa granulada junto à casca
pode ser utilizada como esfoliante.
Saiba mais sobre a Goiaba serrana.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Feijoa

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Halo-halo | Sobremesa Filipina.

Uma mistura colorida de frutas,

leite evaporado, gelo raspado,
feijão vermelho e sorvete,
esta sobremesa não pode
ficar pra trás sem ser degustada.

Foto: http://antesdemorrer.com.br/halo-halo/

Halo-halo é uma sobremesa popular das Filipinas

feita com uma mistura inusitada de vários ingredientes.
Além das descritas acima, pode conter também
batatas carameladas, gelatina, tapioca,
nata de coco, jaca, entre outras comidinhas.

A “montagem” da sobremesa é feita com as frutas
no fundo de um copo alto(ou cumbuca) seguido do gelo raspado.
Então é polvilhado com açúcar
e coberto com leite, inhame roxo ou sorvete.
O leite evaporado é derramado
sobre a mistura antes de servir.

Fonte: http://antesdemorrer.com.br/halo-halo/